top of page
mockup.png

Com quase duas décadas de atuação na periferia da cidade de São Paulo, o Grupo Pandora de Teatro tem investido na criação de dramaturgias autorais, tecendo enredos que estabelecem relações, criam elos e dialogam com questões pungentes à realidade do nosso país.

 

Dramaturgias I surge do desejo de organizar, registrar e compartilhar textos dramatúrgicos encenados pelo grupo entre os anos de 2020 e 2022 – durante o período da pandemia de covid–19 – e dá sequência aos livros já lançados “Efêmero Concreto” (2016), que aborda os primeiros 10 anos da trajetória do grupo, e “COMUM” (2019), sobre o processo criativo e com a publicação da dramaturgia do espetáculo homônimo.

 

Este livro é um convite para um mergulho em nossas invenções de possibilidades e que essas histórias possam inspirar outras criações artísticas por aí também.

SOBRE O GRUPO

PANDORA DE TEATRO

 

Fundado em julho de 2004, o Grupo Pandora de Teatro desenvolve trabalho contínuo de pesquisa e criação teatral, com sede na Ocupação Artística Canhoba, localizada no bairro de Perus, extremo noroeste da periferia de São Paulo/SP. Ao longo de sua trajetória, o grupo realizou a montagem de 15 espetáculos e já foi contemplado por editais públicos federais, estaduais e municipais como o Programa Municipal de Fomento ao Teatro.


Saiba mais: www.grupopandoradeteatro.com.br

Nina e a cidade que perdeu o vento_By Mandy Barboza.JPG
bottom of page